Jardinagem de Pequenos Espaços

Caixa e carrinho de mão plantados
Imagem de Ulrike Mai por Pixabay

Tudo que você precisa saber para cultivar alimentos em uma área de quase qualquer tamanho.

Fazendo uso eficiente de cada centímetro de solo e luz do sol, você pode facilmente cultivar muitos produtos em um pequeno jardim ou recipiente adequado. Técnicas intensivas de jardinagem têm sido usadas há séculos por muitas culturas para compensar as limitações de clima, água, mão de obra e terra arável.

Hoje, podemos empregar essas mesmas ideias práticas para obter uma colheita abundante em um pequeno espaço.

O que você está esperando?

Levante um Canteiro

Canteiro em caixas de madeira elevadas com plantas verdes
Imagem de Jeyaratnam Caniceus por Pixabay

Um canteiro elevado pode produzir até 10 vezes mais produtos do que um na altura do solo com o mesmo tamanho e caminhos entre as fileiras. Canteiros elevados permitem que você concentre sua energia e tempo em uma pequena área trabalhando, regando, removendo ervas daninhas e fertilizando economicamente.

Sol ou Sombra?

Plantio de Espinafres
Imagem de Judy Park por Pixabay

De qualquer maneira, você consegue: você pode cultivar alguma coisa. Embora a maioria dos vegetais precise de no mínimo 6 horas de luz solar por dia (alguns precisam de 8 horas), há exceções:

  • Folhas verdes (alface e espinafre) crescem bem em sombra parcial.
  • Beterraba, alho, ervilha e rabanete podem sobreviver com 4 horas de luz solar por dia.

E depois?

Mudas de vegetais em pequenos potes.
Imagem de Grégory ROOSE por Pixabay

O plantio em sucessão mantém o jardim em produção contínua. Sempre que uma safra é colhida, você deve ter mudas prontas para transplantar em seu lugar. Para obter os melhores resultados, use variedades de maturação rápida para ajustar várias safras em uma estação.

Consorcio!

Milho e outras plantas plantadas no chão
Imagem de Andreas Göllner por Pixabay

Não, não precisa investir seu dinheiro em 36x!
“Consórcio” significa cultivar duas ou mais safras juntas para economizar espaço. As plantas devem ser colocadas perto o suficiente para que suas folhas se toquem, protegendo o solo entre elas quando estiverem totalmente maduras. Isso irá manter as ervas daninhas baixas e conservar a umidade, eliminando a necessidade de cobertura morta e ervas daninhas. À medida que as plantas começam a expulsar suas vizinhas, colha as primeiras, deixando espaço para que as outras se desenvolvam.
Combine a alface com vegetais de temporada mais longa, como brócolis, pimentão ou tomate.

Parceria!

Buraco ao lado de um pé de hortaliça, expondo as raízes
Imagem de Wolfgang Ehrecke por Pixabay

Alguns parceiros consorciados prosperam se suas raízes ocuparem uma profundidade de solo diferente.

  • Combine vegetais com raízes rasas, como feijão, com beterrabas de raízes profundas para fazer um bom uso do espaço para não criar competição entre elas.
  • Plante repolho ou pepino, com cenouras ou feijões para reduzir a competição pelos nutrientes do solo.

Crescendo

Desenhe o seu jardim ou defina os seus vasos com a cerca, treliça ou parede.
Ao plantar as plantas mais altas lá, você evitará sombrear as menores. As plantas de vinha, (Como o Maracujá) se deixadas a crescer, ocupam um espaço valioso num pequeno jardim, por isso ajude-as a crescer.

Guias de crescimento para plantas
Imagem de René Bittner por Pixabay
  • Os pepinos escalam avidamente uma cerca de rede de náilon, da qual as frutas penduradas crescem mais retas e são mais fáceis de colher.
  • As ervilhas e as vagens cobrem uma cerca de arame ou se enrolam em um tripé de postes.
  • Algumas plantas mais pesadas, como melões, melões e inverno e as abóboras podem precisar de ajuda para escalar, então amarre suas vinhas à estrutura para que sigam na direção certa. Apoie as frutas com fundas para evitar que rasguem a videira antes do tempo.
  • Os tomates produzem mais frutas e amadurecem mais cedo se mantidos fora do solo em uma treliça ou em uma gaiola de arame.

Plantando em um Recipiente

Ao cultivar em um recipiente, você pode usar praticamente qualquer coisa que contenha terra e tenha orifícios de drenagem no fundo.

  • Vasos pendurados funcionam bem com tomates cereja ou morangos.
  • Um pote de 25 cm de largura é perfeito para alface ou rabanete.
  • Use um balde plástico de 18 Litros para um tomate ou pimenta.
  • Um barril 200 Litros, cortado ao meio, fará dois plantadores enormes.
Jardineira com Alfaces, o que plantar em agosto?

Lembre-se de que a profundidade adequada do solo é importante para desenvolver um sistema radicular forte e saudável em um recipiente.

  • Alface, espinafre, feijão e beterraba precisam de 15 centímetros de profundidade no solo.
  • Cenouras, ervilhas e pimentões precisam de 20 centímetros.
  • Berinjela, abóbora e pepino precisam de 25 centímetros.
  • Os tomates precisam de 30 centímetros.

RECEITA BÁSICA PARA O SOLO

1 balde (10 quartos) terra ou substrato próprio.
½ balde (5 quartos) de compostagem ou esterco de vaca compostado
2 xícaras de areia fina
2 xícaras de fertilizante peletizado

Leia Também

Destaque

Aproveitando o Janeiro

Caríssimos, chegamos ao primeiro mês do ano. E nele as esperanças se renovam para um ano novo. Muitos de nós estamos de férias, e desejamos iniciar nosso jardim ou cultivar nossa horta, são atividades maravilhosas, [Leia Mais…]

Calendário da Horta

O que plantar em Abril

Planta-se: Almeirão, beterraba, cebolinha, cenoura, feijão, mandioca, melancia, milho, nabo, salsa. Semeia-se: Aspargo, cebola, couve-flor, ervilha, nabo, rabanete, salsa, salsão. Colhe-se: Batata-doce, berinjela, cará, chuchu, mandioquinha, pimenta.   Luas: 1/04 – Cheia 8/04 – Minguante [Leia Mais…]

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*